Home | Assim se faz | Fala Formador

Fala Formador

Aqui você tem acesso a planos de formação e relatos de experiências formativas realizadas nas escolas e instituições de educação infantil vinculadas ao programa Paralapracá. Eles foram elaborados por coordenadores pedagógicos das unidades da rede municipal de ensino ou por outros formadores da rede, para apoiar outros formadores a desenvolver ações dessa natureza.

Acompanhe os registros que têm sido produzidos na perspectiva dos formadores envolvendo a reflexão sobre a sua prática.




Pela educação integral das crianças

23/11/2015 - Ana Patrícia Silva

Na Creche Municipal Mãe Outra, em Olinda (PE), a formação continuada envolve todas as educadoras: diretora, vice-diretora, professoras, atendentes, auxiliares de cozinha e de serviços gerais. Segundo a coordenadora pedagógica da creche, Ana Patrícia Silva, a ação iniciou a mudança de atitudes.

Acesse o conteúdo

Nossa caminhada com o Paralapracá

23/11/2015 - Solange Silvestre

Solange Silvestre, gerente de educação infantil da Secretaria Municipal de Educação de Maracanaú (CE), registra como a Rede está sendo provocada e energizada com a expansão do projeto Paralapracá na cidade. “Vamos construindo nossa caminhada com o Paralapracá em meio a tantas maracanãs”, relata Solange.

Acesse o conteúdo

Fórum Olinda

21/07/2015 - Ana Patrícia Silva

Registro da formação continuada realizada na Creche Municipal Mãe Outra, em Olinda (PE). “Estamos vivendo um movimento novo na unidade, de formação com todos os educadores. Esta conquista proporcionou ao grupo o estudo, a reflexão sobre a prática e a busca de mudanças”, conta a coordenadora pedagógica Ana Patrícia Silva.

Acesse o conteúdo

Registrando percursos formativos

14/07/2015 - Daniela de Santana e Lucília Mota

As coordenadoras pedagógicas Daniela de Santana e Lucília Mota registram um encontro de formação em Camaçari (BA). O relato traz as atividades propostas na formação pela assessora do projeto Paralapracá no município, Rita Margarete, além de observações e discussões suscitadas durante o encontro, cujo tema principal foi a organização do espaço. “Este encontro ilustrou alguns…

Acesse o conteúdo

Cordel Paralapracá: A ciranda do tempo

24/10/2014 - Sírlia Lima

A professora do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Padre Sabino Gentille, do município de Camaçari (BA), Sírlia Lima, fez uso dos versos do cordel para registrar o encontro de formação do eixo Assim se Brinca, realizado no CMEI. De forma lúdica, Sírlia fala das experiências de construir coletivamente a boneca Carina, do resgate da infância…

Acesse o conteúdo

(Re)descobrindo o brincar

06/10/2014 - Lucília Mota

Lucília Mota, coordenadora da Escola Creche da Gleba C (Camaçari) produziu um relato do encontro de formação do eixo Assim se Brinca ocorrido em março deste ano, no município de Camaçari (BA). Lucília fala sobre as atividades e brincadeiras realizadas durante o encontro e expõe as reflexões sobre a redescoberta e resgate do brincar como…

Acesse o conteúdo