Home | Notícias | Avaliação de impacto do Paralapracá é apresentada em reunião da ABAVE
17/09/2019 | 12:16

Avaliação de impacto do Paralapracá é apresentada em reunião da ABAVE

A X Reunião da Associação Brasileira de Avaliação Educacional (ABAVE), realizada entre os dias 28 e 30 de agosto de 2019 abordou o tema Avaliação educacional no Brasil: o desafio da qualidade”. No evento, Rafael Camelo, diretor de avaliação e planejamento da empresa Plano CDE, apresentou os resultados levantados pela avaliação de impacto do Programa Paralapracá. Entre outros pontos, a pesquisa percebeu que crianças oriundas de pré-escolas atendidas pelo Programa chegam ao ensino fundamental com mais de um ano e meio à frente no desenvolvimento de sua curiosidade, criatividade e abertura a novas experiências, em comparação com colegas de escola com perfil sociodemográfico semelhante. Para Rafael Camelo, o retorno do público foi muito bom: “o instrumento despertou bastante interesse das pessoas, muitas expressaram sua satisfação com a avaliação do Paralapracá”, disse.

O estudo realizou entrevistas em 24 instituições, das cinco redes municipais parceiras do Programa (2013 – 2017), que passaram pelas formações do Paralapracá, e outras, das mesmas regiões, que não passaram pelas formações. O objetivo foi identificar o real impacto da iniciativa nas políticas públicas educacionais nas cinco redes do Nordeste.

A ABAVE, criada em 2003, é um fórum de discussão entre pesquisadores e profissionais dedicados ao desenvolvimento de propostas de avaliação educacional.  Sobre o encontro, Rafael Camelo afirma que “a rede que a Abave reúne é sempre muito qualificada e as discussões são sempre muito relevantes.” O evento busca atualizar o debate da qualidade na Educação Básica e Superior, tendo como foco discussões acerca das relações entre currículo e avaliação, qualidade da educação profissional e os desafios de qualidade postos ao Ensino Superior no Brasil. Além de conferências com especialistas, o encontro contou com minicursos e apresentações de trabalhos e pôsteres, essenciais para a troca de experiências sobre o assunto.

O Paralapracá é uma frente de formação de profissionais da Educação Infantil, realizado pela Avante – Educação e Mobilização Social, em parceria com as secretarias municipais de Educação, que visa contribuir para a melhoria da qualidade do atendimento às crianças nesse segmento, com vistas ao seu desenvolvimento integral. O programa tornou-se metodologia consagrada pelo Guia de Tecnologias Educacionais do Ministério da Educação (MEC) em 2015, tendo atuado em dez redes municipais nordestinas (2010 e 2017), em dois ciclos. No ciclo I (2010 e 2012) nas cidades de Campina Grande (PB), Caucaia (CE), Feira de Santana (BA), Jaboatão dos Guararapes (PE) e Teresina (PI); e no ciclo II: Olinda (PE), Natal (RN), Maceió (AL), Camaçari (BA) e Maracanaú (CE).

PESQUISAR NESTA SEÇÃO:





COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do programa Paralapracá. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou o direito de terceiros. Comentários que não respeitem os critérios aqui impostos ou que estejam fora do tema discutido serão excluídos.