Home | Notícias | Fliporto 2014 reúne milhares de apaixonados pela literatura em Olinda
24/11/2014 | 10:43

Fliporto 2014 reúne milhares de apaixonados pela literatura em Olinda

2014_24_11A Fliporto – Festa Literária de Pernambuco chegou ao fim no domingo (16) trazendo a magia da literatura para as ruas do Sítio Histórico. Mais de 120 mil pessoas estiveram presentes nos quatro dias da festa, que começou na última quinta-feira (13) e teve como tema “Literatura é coisa de cinema”.

O grande homenageado esse ano foi o escritor, acadêmico da Academia Brasileira de Letras (ABL) e dramaturgo, Ariano Suassuna, autor de “O Auto da Compadecida”, “A Pedra do Reino”, entre outros. As atividades do Congresso Literário aconteceram no tradicional Colégio São Bento de Olinda.

O colégio também contou com polos dedicados para o público infanto-juvenil, com a Fliporto Galera e Galerinha. Alunos da Rede Municipal de Ensino participaram de uma programação voltada ao estímulo da leitura, através de atividades como contação de histórias, jogral e premiação  com livros infantis.

Realizada em estandes montados no Parque do Carmo, a 5ª Feira Internacional do Livro de Pernambuco foi um sucesso de público e de vendas. Este ano, o número de espaços dobrou para mais de 60 unidades, reunindo cerca de 100 editoras e distribuidoras nacionais. Com livros à venda a partir de R$ 2,00, a Feira de Livros visa democratizar a leitura, tornando-a acessível às pessoas. Segundo o balanço divulgado pela coordenação da Feira, foram mais de R$ 3,5 milhões em receita gerada durante todos os dias de atividades.

Os professores da rede municipal de Olinda receberam da Secretaria de Educação um cartão bônus de R$300,00 para compra de livros na Feira do Livro. Com a ação, realizada em parceria com a Associação do Nordeste de Distribuidoras e Editoras de Livros (Andelivros), a prefeitura tem o objetivo de incentivar e garantir ao professor o acesso à leitura de qualidade.

Durante o evento, a Prefeitura de Olinda manteve um espaço para os autores da cidade na Biblioteca Pública Municipal. No local, houve lançamentos de livros, saraus e apresentações musicais. O estande contou com uma programação preparada pela Secretaria de Patrimônio e Cultura e pela Rede do Livro, da Leitura e da Literatura de Olinda (Rede LLLOlinda).

As secretarias de Transporte e Trânsito, Controle Urbano, Serviços Públicos e Saúde trabalharam unidas para garantir a segurança, a tranquilidade e o conforto dos visitantes. A Vigilância Sanitária visitou as barracas, fiscalizando os alimentos e bebidas comercializados durante o festival.

Fonte: InstitutoC&A

Paralapracá

O projeto Paralapracá marcou presença no evento por meio da exibição dos materiais da Mala e do Baú que ficaram expostos em uma tenda em formato de circo durante a programação do Fliporto Galerinha. Na ocasião, a assessora do projeto Paralapracá do município, Cida Freire, falou ao público sobre o projeto, esclarecendo a estrutura das formações em seis eixos: Assim se Brinca, Assim se faz Artes Visuais, Assim se Faz Música, Assim se Explora do mundo, Assim se Organiza o Ambiente e Assim se Faz Literatura. Cida deu ênfase ao significado deste último dentro da proposta de contribuir para a melhoria da qualidade do atendimento às crianças na educação infantil, com vistas ao seu desenvolvimento integral. Além de explicar a atuação em duas linhas de ação complementares: a formação continuada de profissionais da educação e o acesso a materiais de qualidade, tanto para as crianças quanto para os professores.

Duas instituições de Educação Infantil de Olinda atendidas pelo projeto participaram do evento: a Isac Pereira e a Unidade de Educação Infantil (UEI). Cida Freire conta que as professoras destas instituições fizeram leituras para o público com o ojetivo de promover o deleite literário, mas com um recorte temático definido. “As histótias falavam sobre a inclusão e o respeito às diferenças com o conto:O Ratinho branco que queria ser colorido (Marcilene Floraina de Paula, finalista do concurso de contos e poemas do Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Olinda – SINPMOL 2009); e sobre a questão racial com o livro: Bruna e a galinha d’angola, de Gercilga de Almeida, editora Pallas.

O projeto Paralapracá é uma ação do programa Educação Infantil do Instituto C&A que se desenvolve em aliança com secretarias municipais de Educação e possui dois âmbitos de atuação: a formação continuada de profissionais de educação infantil e o acesso a materiais de uso pedagógico de qualidade, tanto para crianças quanto para professores. A iniciativa é implementada em parceria técnica com a ONG Avante – Educação e Mobilização Social, de Salvador (BA). Integram o segundo ciclo do projeto, em realização entre 2013 e 2015, cinco municípios: Camaçari (BA), Maceió (AL), Maracanaú (CE), Natal (RN) e Olinda (PE).

PESQUISAR NESTA SEÇÃO:





COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do programa Paralapracá. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou o direito de terceiros. Comentários que não respeitem os critérios aqui impostos ou que estejam fora do tema discutido serão excluídos.