Home | Notícias | Instituto Alana realiza a campanha nacional Feira de Troca de Brinquedos
04/10/2013 | 12:14

Instituto Alana realiza a campanha nacional Feira de Troca de Brinquedos

São Paulo (SP) – Como contraponto ao consumismo exagerado que emerge em datas comemorativas como o Dia da Criança, o Instituto Alana realiza, pelo segundo ano consecutivo, a campanha nacional Feira de Troca de Brinquedos.

A iniciativa pretende mobilizar a sociedade para a realização, no mês de outubro, de feiras de troca de brinquedos envolvendo crianças de todo o país. A ideia é que a ação estimule o consumo colaborativo entre os meninos e as meninas e faça os adultos e crianças refletirem sobre o consumismo.

Para facilitar a montagem das feiras, o Instituto Alana disponibiliza aos interessados um guia orientador. A publicação, disponível para consulta no link, dá dicas sobre possíveis locais para a realização do evento, número de pessoas envolvidas, divulgação, atividades paralelas que podem ser realizadas e registro do trabalho.

Para os interessados em organizar a feira de trocas de brinquedos, a campanha disponibiliza, ainda, um kit de divulgação com convite, cartaz, filipeta e release de imprensa.

Até o momento, mais de 55 eventos já foram confirmados em cidades como Adamantina (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Brasília (DF), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Jundiaí (SP), Maceió (AL), Maringá (PR), Niterói (RJ), Palhoça (SC), Porto Alegre (RS), Porto Seguro (BA), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santos (SP), São Carlos (SP), São Paulo (SP), São Vicente (SP), Socorro (SP), Sorocaba (SP), Tibau do Sul (RN), Ubatuba (SP) e Venâncio Ayres (RS). Veja a lista completa de eventos no link 

O Instituto Alana é uma organização não governamental com sede em São Paulo e que foi criada em 1994. A instituição se dedica a desenvolver atividades em prol da defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes em torno das relações de consumo em geral e perante o consumismo a que estão expostos.

 

PESQUISAR NESTA SEÇÃO:





COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do programa Paralapracá. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou o direito de terceiros. Comentários que não respeitem os critérios aqui impostos ou que estejam fora do tema discutido serão excluídos.