Home | Notícias | MinC premiará projetos voltados à Educação Infantil
11/11/2014 | 9:49

MinC premiará projetos voltados à Educação Infantil

2014_11_11Ministério da Cultura (MinC), em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFCE), lançou do dia 8 de outubro o edital “Escola: lugar de brincadeira, cultura e diversidade”, que premiará centros de educação infantil públicos, conveniados ou comunitários que desenvolvam práticas lúdicas, artísticas e culturais voltadas à promoção e à valorização da diversidade. Serão 40 prêmios de R$ 10 mil. As inscrições podem ser feitas até o dia 23 de novembro deste ano.

O prêmio tem o objetivo de estimular que as instituições públicas de educação infantil desenvolvam ações comprometidas com a cultura e a diversidade. “A cultura é algo que se apreende desde pequeno. As escolas infantis poucas vezes têm condições de proporcionar atividades culturais às crianças. Este edital vem exatamente suprir esta demanda”, destaca a ministra da Cultura, Marta Suplicy.

O secretário de Políticas Culturais do MinC, Américo Córdula, destaca que o edital busca promover ações comprometidas com a ludicidade, o tempo e o espaço do brincar, considerando as várias linguagens. “Queremos valorizar o brincar, as praticas artísticas e a diversidade cultural na educação infantil”, afirma Córdula.

As iniciativas concorrentes deverão estar referendadas na cultura da infância e terem como foco, principalmente, os seguintes pontos:

A valorização da identidade local, propiciando a interação e o conhecimento das crianças sobre as manifestações e tradições culturais brasileiras que abarquem a transmissão de saberes e fazeres por intermédio de práticas e/ou da oralidade entre as diversas culturas e gerações, próprias de suas comunidades: seus costumes, culinárias, memória, contos populares, práticas construtivas, lendas, mitos, provérbios, crenças, adivinhas, cantigas/canções, danças, altos, romanceiros e outros.

Reconhecimento, valorização e respeito à interação das crianças com as diversas etnias que compõem o território brasileiro, tais como elementos das manifestações de povos e das culturas negras e afro-brasileiras, indígenas, cigana, rurais, dos povos ribeirinhos, da floresta, de influência oriental, latina ou europeia.

Respeito e consideração às relações de gênero em uma perspectiva da promoção da igualdade, diversidade e identidade de gênero; múltiplas formas de relação e de modelos familiares, trabalhando de maneira afirmativa questões que se distanciem de estigmas socialmente construídos.

Valorização do pensamento, criatividade, expressão, opinião, interações e brincadeiras, favorecendo a imersão das crianças nas diferentes linguagens e o progressivo domínio por elas de vários gêneros e formas de expressão: gestual, verbal, cênica, plástica, dramática, circense, musical, audiovisual e outros.

Fonte: Ministério da Cultura

PESQUISAR NESTA SEÇÃO:





COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do programa Paralapracá. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou o direito de terceiros. Comentários que não respeitem os critérios aqui impostos ou que estejam fora do tema discutido serão excluídos.