Home | Notícias | No ar, os vídeos do seminário de currículo e avaliação na educação infantil
27/10/2015 | 12:03

No ar, os vídeos do seminário de currículo e avaliação na educação infantil

2015_27_10Rio de Janeiro (RJ) — Estão disponíveis, na íntegra, no site da Rede Nacional Primeira Infância (RNPI), os vídeos do Seminário Nacional Currículo e Avaliação da Educação Infantil: Políticas para a Primeira Infância. O evento foi realizado pela RNPI no dia 29 de setembro, no Rio de Janeiro, com o apoio do Instituto C&A e da Fundação Bernard Van Leer.

Os vídeos do evento podem ser vistos no link http://redenacionalprimeirainfancia.aovivonaweb.tv/. Já as apresentações dos diversos palestrantes podem ser baixadas pelo link http://primeirainfancia.org.br/apresentacoes-do-seminario-nacional-curriculo-e-avaliacao-da-educacao-infantil-politicas-para-a-primeira-infancia/

O seminário buscou contribuir para o debate nacional sobre os temas do currículo da educação infantil, à luz das discussões sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNC), e da avaliação da educação infantil, a partir das proposições contidas no recém-aprovado documento Avaliação Nacional da Educação Infantil (Anei).

A Anei será aplicada em instituições de educação infantil a cada dois anos, com o objetivo de aferir aspectos como infraestrutura física, quadro de pessoal, condições de gestão, recursos pedagógicos, acessibilidade, entre outros. A BNC determinará os conhecimentos essenciais a que todos os estudantes brasileiros têm direito a acessar e se apropriar durante sua trajetória na educação básica – desde o ingresso na creche até o fim do ensino médio. A proposta é que a BNC torne-se um importante instrumento de gestão pedagógica e que as famílias possam participar e acompanhar mais de perto a vida escolar de seus filhos.

A programação do seminário incluiu três mesas de debates: “O lugar da educação infantil nas políticas para a primeira infância”, “BNC e Anei: desafios para a formação docente” e “BNC e Anei: políticas de currículo e avaliação”.

Na primeira mesa de debates, por exemplo, Rita Coelho, coordenadora-geral de educação infantil do Ministério da Educação (MEC), orientou quanto à visão de educação infantil a ser incorporada nas políticas públicas. “Nós, como rede, temos que reforçar a concepção de que educação infantil é escola e que os profissionais que atuam nela devem ser professores”, afirmou. Segundo ela, a dificuldade de garantir a oferta de creches e pré-escolas de qualidade para todas as crianças de 0 a 5 anos no Brasil tem dado abertura para que soluções alternativas informais ganhem terreno, o que não é recomendado.

Também participaram da discussão Maria Thereza Marcílio, gestora institucional da Avante — Educação e Mobilização Social e Estevon Nagumo, representante da Diretoria de Avaliação da Educação Básica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Anísio Teixeira (Inep). A mediação foi feita por Janine Schultz, coordenadora dos programas Educação Infantil e Educação Integral do Instituto C&A.

Outros participantes do evento foram Helena Bomeny, secretária de Educação do município do Rio de Janeiro; Zilma de Oliveira, professora da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE-USP); e Claudius Ceccon, coordenador da Secretaria Executiva da RNPI e diretor do Centro de Criação de Imagem Popular (Cecip).

Fonte: Site do Instituto C&A.

PESQUISAR NESTA SEÇÃO:





COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do programa Paralapracá. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou o direito de terceiros. Comentários que não respeitem os critérios aqui impostos ou que estejam fora do tema discutido serão excluídos.