Home | Notícias | Projeto leva arte para educação infantil pública no Nordeste
23/07/2012 | 11:48

Projeto leva arte para educação infantil pública no Nordeste

Especialista afirma que crianças devem estar em contato com todas as linguagens e culturas, inclusive a local

Um projeto para a educação infantil está mudando a cara desta etapa em escolas municipais de cinco cidades do Nordeste brasileiro: Campina Grande (PB), Caucaia (CE), Feira de Santana (BA), Jaboatão dos Guararapes (PE) e Teresina (PI). Com ênfase em formação de coordenadores e material didático específico, o Paralapracá, desenvolvido pelo Instituto C&A, propõe colocar 18 mil crianças de 125 instituições em contato com diferentes linguagens: arte, literatura, música e o brincar.

“A educação infantil tem uma identidade própria, e é diferente do ensino fundamental. Ela deve apresentar tudo o que as crianças precisam para se desenvolver e viver uma infância que promova um processo de desenvolvimento integral”, afirma Mônica Sâmia, coordenadora técnica do projeto e palestrante do 28º Simpósio da Organização Mundial para Educação Pré-Escolar (Omep), que acontece até sábado (21), na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande. Leia na íntegra o texto publicado no Último Segundo.

PESQUISAR NESTA SEÇÃO:





COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do programa Paralapracá. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou o direito de terceiros. Comentários que não respeitem os critérios aqui impostos ou que estejam fora do tema discutido serão excluídos.