Home | Notícias | Projeto Paralapracá será lançado em Maceió no dia 12 de agosto
09/08/2013 | 12:23

Projeto Paralapracá será lançado em Maceió no dia 12 de agosto

2013_09_08Maceió (AL) – A Secretaria Municipal de Educação de Maceió e o Instituto C&A realizam, no próximo dia 12 de agosto, o lançamento do projeto Paralapracá de formação de profissionais da educação infantil no município. O projeto é uma iniciativa do Instituto C&A e será implementado por meio de um termo de cooperação entre as duas instituições, em parceria técnica com a ONG Avante Educação e Mobilização Social, de Salvador (BA).

O projeto Paralapracá é uma frente de trabalho do programa Educação Infantil do Instituto C&A. A ação visa contribuir para a melhoria da qualidade do atendimento às crianças na educação infantil, com vistas ao seu desenvolvimento integral. O projeto possui dois âmbitos de atuação: a formação continuada de profissionais da educação e o acesso a materiais pedagógicos de qualidade, tanto para as crianças quanto para os professores.

O lançamento pretende reunir cerca de 300 pessoas, entre professores, coordenadores pedagógicos e diretores de instituições de educação infantil de Maceió e representantes da Comissão de Educação da Câmara dos Vereadores. O evento será realizado às 14h, na Escola Superior da Magistratura do Estado de Alagoas (Esmal).

A programação do lançamento inclui a apresentação do projeto Paralapracá, a assinatura do termo de cooperação entre o Instituto C&A e Secretaria Municipal de Educação de Maceióe uma apresentação do coral de crianças da cidade.

O evento contará com a presença de Ana Dayse Rezende Dorea, secretária de Educação de Maceió, e Angelina Araújo, diretora do Departamento de Educação Infantil da Secretaria de Educação da cidade. Pelo Instituto C&A, estarão presentes o diretor-executivo, Paulo Castro, e a gerente da área Educação, Arte e Cultura do Instituto C&A, Patrícia Lacerda.

A capital alagoana possui 57 escolas municipais de educação infantil, voltadas a 7.787 crianças de 0 a 5 anos. Por meio do projeto Paralapracá, serão atendidas 30 instituições (52,6% do total), nas quais atuam 40 coordenadores e técnicos e 235 professores. Cerca de cinco mil crianças serão beneficiadas pelo projeto.

Além de Maceió, outras quatro cidades integram o segundo ciclo do projeto Paralapracá: Camaçari (BA), Maracanaú (CE), Natal (RN) e Olinda (PE). A nova etapa do Paralapracá teve início em maio deste ano e terá duração de 30 meses. A ação contempla 140 unidades de educação infantil, 170 coordenadores, mil professores e 20 mil crianças.

O projeto Paralapracá foi lançado em agosto de 2010 e implementado em cinco municípios do Nordeste brasileiro, sempre em regime de cooperação com as Secretarias de Educação das cidades envolvidas: Campina Grande (PB), Caucaia (CE), Feira de Santana (BA), Jaboatão dos Guararapes (PE) e Teresina (PI). O primeiro ciclo do projeto terminou em dezembro de 2012 e beneficiou 1.100 professores e 14 mil crianças.

Neste ano, além da seleção em edital dos cinco novos municípios, o Instituto C&A decidiu estender por mais um ano o acordo de cooperação com dois dos municípios parceiros no primeiro ciclo do projeto Paralapracá: Jaboatão dos Guararapes e Teresina. O processo de definição destes municípios foi realizado em março deste ano, por meio de uma seleção por carta-convite.

PESQUISAR NESTA SEÇÃO:





COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do programa Paralapracá. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou o direito de terceiros. Comentários que não respeitem os critérios aqui impostos ou que estejam fora do tema discutido serão excluídos.