Home | Participe | Depoimentos

Depoimentos




Kedja Rodrigues

“Sei que a criança faz conexões entre a brincadeira e o mundo. Ao brincar, ela aprende, cria, inventa, expõe suas necessidades, desejos, frustrações. Já sabia da importância do brincar, e fiquei muito feliz com a oportunidade que o projeto Paralapracá estará oportunizando às nossas crianças, de serem crianças de verdade.”.

Kedja Rodrigues, coordenadora pedagógica da creche Maria Liege Tavares, em Camaçari (BA) – 18/09/2014

Cássia Verena

“Tão bom descobrir cada vez mais sobre a sutileza e desvendar as descobertas de uma criança em prol da sua aprendizagem e do seu crescimento. RICO, RICO, MUITO RICO. O vídeo do eixo Assim se Explora o Mundo apresenta, sob os diversos aspectos, a importância da aprendizagem feita a partir da interação da criança com o mundo que a circunda: o toque, o olhar sobre as coisas, os sentidos, enfim, é o corpo se movimentando e indo ao encontro dos saberes e das múltiplas aprendizagens.

Rita Margarete então solicita consistência de estudo e estratégias para que a coordenadora fortaleça suas abordagens a partir do estudo sustentável nos referenciais de profissionais de educação. (Bibliografias? Vamos lá colegas). Acho que foi um convite para mergulharmos a todo momento em Wallon Vigotski, Freud nos RCNEIS …Vamos lá; estudar, estudar e estudar é bom sim.

O vídeo trouxe também curiosidade sobre a exploração do mundo e a relação da criança com o mundo de forma exacerbada e natural usando todos os sentidos; em diferentes espaços e sendo auxiliada pelas pessoas que participam do processo de aprendizagem da criança. O mundo real deve fazer parte do dia a dia da escola.”.

Cássia Verena, coordenadora pedagógica da Escola Municipal Hildebrando Lima Filho, em Camaçari (BA) – 01/08/2014

Rosilda Maria

“É maravilhoso poder participar
Da formação do Paralapracá.
Cá conhecimentos aprofundar
Vivências e experiências compartilhar
Para melhor o mundo explorar.

Lá curiosidades aguçar
Possibilidades mostrar
Juntos com os professores experimentar.
Acreditar que podemos nossa prática organizar
Para a educação infantil melhor ficar.”

Rosilda Maria, coordenadora pedagógica do Centro Municipal de Educação Infantil Marilanda, em Natal (RN) – 29/07/2014

Íris Oliveira Duarte

“Após o Paralapracá, mesmo em pouco espaço de tempo, compreendemos que as mudanças começam a partir de nossa reflexão sobre a prática, da nossa postura em perceber que podemos melhorar nosso trabalho”.

Íris Oliveira Duarte, coordenadora pedagógica do Centro Municipal de Educação Infantil Tia Tânia, em Teresina (PI)- 23/07/2014

Carmem Uchôa

“Com o Paralapracá resgatamos brincadeiras e cantigas de rodas que fazem crianças e professores se encantarem. Hoje podemos compartilhar juntos e lembrar como é gostoso proporcionar às nossas crianças um aprendizado de qualidade resgatando uma cultura adormecida.”

Carmem Uchôa, professora do Centro Municipal de Educação Infantil Helena Carvalho, em Teresina (PI) – 23/07/2014

Adriana Barbosa do Carmo

Paralá sonho, Paracá magia

Paralá deixo o meu jeito

Paracá deixo sorrisos

De integrar com as companheiras

Momentos assim: bonitos!

Repensando, refletindo

Sobre a educação

Desses nossos pequeninos

Desenvolvendo ação.

Pra fazer a diferença

Nas diferenças da vida

De ver em cada criança

A semente do saber.

Brincando, usando magia

Do encanto desse tempo

Do tempo de ser criança

Faz de conta!…é o que convém.

Bato palmas paralá

Bato palmas paracá

E convido aqui a todos

Para nos maravilhar!

Com esse projeto rico

Colorido e tão mágico

É só imaginar…

E nessa viagem já estou indo!

“O Paralapracá é isso: vai entrando em nossas vidas e revelando o que de melhor temos e somos”, Cida Freire, assessora pedagógica do projeto Paralapracá em Olinda (PE).

Adriana Barbosa do Carmo, coordenadora pedagógica da Escola Santa Thereza, em Olinda (PE) – 07/07/2014