Home | Participe | Depoimentos

Depoimentos




Ana Dayse Dórea

“Eu gostaria de parabenizar por todo o trabalho desenvolvido no Paralapracá. A todos que fazem: a nós, à rede constituída, mas, principalmente, esses atores maravilhosos que são os nossos professores, que também estão aqui (no Seminário do Programa Paralaprcá 2017) colocando suas experiências e melhorando, não só a qualidade de Educação, mas a qualidade de vida das nossas crianças.”

Ana Dayse Dórea - Secretária de Educação de Maceió (AL) - 25/05/2017

José Marcelo Farias Lima

“O programa Paralapracá foi importante, desde o primeiro momento, com a nossa ida a Reggio Emilia. Vimos de perto experiências e metodologias belíssimas, voltadas para a Educação Infantil. Hoje, o Paralapracá tem sido muito importante para qualificar o segmento no município, sobretudo, por meio das formações e do acompanhamento dessas formações (…). Nossa equipe se apropriou das ações do Programa com suas metodologias e orientações, e estamos trabalhando no sentido de capacitar as escolas a partir dessas ações e de reforçar os aspectos do Paralapracá para toda a Rede.”

José Marcelo Farias Lima - Secretário de Educação de Maracanaú (CE) - 22/05/2017

Angelina Araújo

“O brincar na Educação Infantil de Maceió tem se dado de uma forma muito tranquila. Muito dessa tranquilidade vem de uma parceria que temos conseguido manter com as instituições na figura dos coordenadores pedagógicos e dos diretores; com as famílias, e de uma grande colaboração e compreensão da nossa secretária, Ana Dayse, que nos deu apoio desde o princípio, para que essa concepção de aprendizagem, que está posta nas Diretrizes Curriculares Nacionais, seja acolhida pelos nossos CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil).”

Angelina Araújo - Gerente de Educação Infantil de Maceió (AL) - 22/05/2017

Ana Dayse Resende

“Quando ganhamos o edital do Paralapracá, em 2013, iniciamos o que eu chamo de um novo momento na Educação Infantil de Maceió. A rede não tinha uma política definida para a Educação Infantil e nós adotamos a metodologia do Paralapracá. Eu digo que o Programa foi o pilar no início da nossa gestão. (…) Passamos a tê-lo como guia e os resultados têm sido muito favoráveis. O Programa é reconhecido não só pela equipe técnica da secretaria, mas também por quem está no chão da escola. As coordenadoras pedagógicas têm as melhores referências do Paralapracá, defendem a proposta e estão trabalhando por ela”.

Ana Dayse Resende - Secretária de Educação de Maceió (AL) - 03/04/2017

Ana Patrícia Freitas

“A função do formador é se ver como um professor que aprende com seus pares. O formador vai com uma proposta, mas a proposta é aberta, é ampliada, enriquecida. E, dentro da própria formação, quando os outros contribuem, quando eles entram na roda, há um rever e uma retomada.”

Ana Patrícia Freitas - Coordenadora Pedagógica da Creche Mãe Outra, Olinda (PE) - 13/02/2017

Raquel Melo

“Em Olinda, a formação do Paralapracá nos leva à reflexão das nossas práticas e nos permite buscar novos conhecimentos, novas práticas educativas, que permeiam a organização dos espaços e ambientes, onde todos os envolvidos com a Educação Infantil desenvolvem uma prática voltada para a valorização da autonomia, do crescimento coletivo e para o desenvolvimento das crianças de zero a cinco anos, a partir de reflexões e formações colaborativas.

E tudo isso permite a melhoria da qualidade da nossa Educação Infantil em nosso município e na nossa região, a partir da valorização da nossa cultura local, regional e do estado de Pernambuco. Assim, avante vamos lutando e estimulando as crianças a viverem e a terem acesso a aprendizagens, envolvidas com os materiais naturais, espaços organizados, a partir da escuta das crianças e das suas reais necessidades, brincando com prazer, cantando com a vida, lendo e escutando belas histórias e poesias, em belos ambientes organizados com suas participações e de seus familiares”.

Raquel Melo, Professora e Coordenadora Pedagógica da Creche Monte Alverne, Olinda (PE) - 13/02/2017